Sobral e Região

Foragido do furto ao Banco Central é preso no Distrito Federal

 

 

 

 

Foragido do furto ao Banco Central é preso no Distrito Federal

Um dos integrantes da quadrilha que assaltou o Banco Central de Fortaleza, em 2005,Adelino Angelim de Sousa Neto, conhecido como 'Amarelo', de 36 anos, foi preso nesta segunda (13), pela Polícia Militar do Distrito Federal, na região administrativa de Paranoá.

Natural de Boa Viagem, no Ceará, Angelim foi acusado de ajudar a "lavar" parte do dinheiro furtado do banco, segundo as investigações da Polícia Federal. Ele foi localizado após denúncia anônima, segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal (Divicom/PCDF).

Na residência de ‘Amarelo’, a Polícia encontrou uma pistola calibre .380, modelo Taurus, com 12 munições e certificado de registro. Além disso, foi apreendido um documento de um clube de atiradores, caçadores e colecionadores, no nome de Adelino. No momento da prisão, ele estava em casa, com a mulher e a filha, e não reagiu.

‘Amarelo’ foi preso em setembro de 2006 pela participação no maior ataque a banco da história do Brasil e condenado. No entanto, aguardava os recursos para revisão da pena em liberdade. Após a decisão definitiva,  o Juízo da 12ª Vara Federal ordenou a prisão dele, em julho de 2017.

Anuncio BannerLateral

 

 

logo-2x

Logo Unimed Sobral

 infort