Sobral e Região

Rompimento no canal não afeta cronograma da Transposição

 

 

 

 

 

Rompimento no canal não afeta cronograma da Transposição

Um laudo técnico está sendo elaborado, mas as principais evidências mostram que a falha aconteceu por algum tipo de intervenção humana

Juazeiro do Norte. Na tarde do último sábado (11), um rompimento no canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), entre os municípios pernambucanos de Terra Nova e Salgueiro, surpreendeu a população cearense que aguarda, há um bom tempo, a chegada das águas do "Velho Chico" ao seu território. A falha ocorreu por volta das 12h em um trecho próximo ao distrito de Pau Ferro, causando desvio do fluxo de água. No entanto, segundo o Ministério da Integração Nacional, isso não afetará o cronograma da obra, que deve ficar pronta até o fim deste ano.

Desde o início da ocorrência, 140 técnicos estão no local trabalhando em regime de 24 horas para recuperação da estrutura. Após novas análises, as equipes do Ministério da Integração constataram que o dano causado ao trecho foi maior que o inicialmente previsto; por isso, a restauração, que duraria até 48 horas, deve ficar pronta só no fim desta semana.

Um laudo técnico está sendo elaborado, mas, as principais evidências mostram que a falha aconteceu por algum tipo de intervenção humana - não está descartada ação criminosa. Em um vídeo que circulou nas redes sociais no último domingo (12), aparecem duas pessoas conversando momentos após o canal romper. Antes disso, no sábado de manhã, o trecho foi supervisionado e não havia sido constatado nenhuma falha na estrutura canal. A assessoria do Ministério da Integração acrescentou que os trechos da obra possuem monitoramento permanente, mas com 470 km de extensão é difícil fiscalizar em sua totalidade a todo momento.

Em nota, o Ministério da Integração Nacional diz que um boletim de ocorrência foi registrado pois, preliminarmente, "há evidências que tenha sido um ato criminoso". Além disso, o órgão conta que há relato de pessoas no entorno afirmando que a ação tinha como objetivo desviar o curso d'água para encher um reservatório nas imediações. Paralelamente à ação, equipes foram designadas para avaliar se o episódio causou algum impacto na região; mas, nas proximidades não há moradores.

Queda de ponte na Itália deixa ao menos 22 mortos

 

 

 

 

 

Queda de ponte na Itália deixa ao menos 22 mortos 

 

 

 

 

 

 

Autoridades italianas já confirmaram a morte de ao menos 22 pessoas e outros 8 feridos no desabamento de parte da estrutura da Ponte Morandi, em Gênova. Um trecho de aproximadamente 200 metros da ponte que passa pela rodovia A10, na Itália, caiu nesta terça-feira (14).

O acidente ocorreu numa estrada que liga a Itália à França, logo após uma repentina e violenta tempestade, e envolveu cerca de 20 veículos, incluindo carros e caminhões, de acordo com uma representante da brigada de bombeiros, que falou à emissora de TV estatal RAI. Ela disse que duas pessoas foram resgatadas com vida dos escombros e foram transportadas de helicóptero para um hospital da região.

De acordo com as primeiras informações da Defesa Civil local, um colapso estrutural teria provocado o desabamento da ponte. Chovia forte na manhã desta terça em Gênova e havia pontos de alagamento no momento do incidente. 

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, foi informado do acidente e acompanha o caso com seu gabinete. O presidente francês, Emmanuel Macron, ofereceu ajuda a Roma depois de conversar por telefone com o primeiro-ministro.

O vice-premiê e ministro do Interior, Matteo Salvini, disse que 200 bombeiros tentam resgatar as vítimas do desabamento. "Estamos acompanhando minuto a minuto a situação do desabamento da ponte em Gênova. Agradeço desde já aos 200 bombeiros - e todos os outros heróis - que estão trabalhando para salvar vidas", escreveu Salvini e sua conta no Twitter.

Vigilante de creche é executado durante o serviço em Sobral

 

 

 

 

 

Vigilante de creche é executado durante o serviço em Sobral

vigilante de uma creche foi morto, na madrugada desta terça-feira (14), no bairro Recanto II, em Sobral, na Zona Norte do Estado, enquanto estava de serviço. Ele tentou correr para fugir dos disparos, mas tombou no local.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem, identificado apenas como Gutemberg e mais conhecido como “Beguinha”, estava dentro do Centro de Educação Infantil Tereza Rodrigues, quando foi abordado por indivíduos ainda não identificados.

O vigilante sofreu diversos disparos. Pelo menos um deles atingiu a cabeça de Gutemberg. Vizinhos do estabelecimento educacional chamaram uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para socorrê-lo.

Gutemberg foi socorrido para a Santa Casa de Sobral, mas faleceu na unidade de saúde. A Polícia Militar esteve no local para realizar os primeiros levantamentos e tentar descobrir pistas que levem aos autores do crime.

Anuncio BannerLateral

 

 

logo-2x

Logo Unimed Sobral

 infort